sábado, 6 de julho de 2013

E agora é

Desculpa entrar assim. Ocupar um espaço tão grande, não só na caixa de entrada do seu celular, mas no seu dia a dia. A verdade moço, é que eu me apaixonei pelos seus olhos. E ai comecei a pensar como seria olhar pra eles assim que eu acordasse. Coisa de gente maluca, eu sei. Mas você já deve ter percebido como eu sou.

E talvez seja por isso que você decidiu me deixar ficar. Por perceber que não teria problema ser louco comigo. Naquela segunda, na outra semana, nos outros meses. Foi isso que fez com que eu me apaixonasse por cada detalhe seu.

Os seus tipos diferentes de sorriso. Um dos preferidos é aquele quando já estamos sem assunto e sorrimos um para o outro. Bobo, tranquilo e sincero. Por isso que eu tenho a mania de fechar os olhos um pouco durante isso. Só para ter a certeza de quando abrir, você ainda vai estar ali, sorrindo pra mim.

Quando você fazia planos pro nosso futuro no começo. E eu dizia a mim mesma para pensar somente no presente.

Como você me faz rir com certas coisas que não teria o mesmo efeito se fosse com qualquer outra pessoa. Não porque eu faço isso pra te agradar (finjo choro melhor do que risadas), mas porque só tem sentido com você.

Então fique sabendo que você virou o meu mundo de cabeça pra baixo. Essa é uma das melhores sensações do mundo. E eu nunca vou achar palavras boas o suficiente para te agradecer por isso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário