terça-feira, 17 de setembro de 2013

Pensamentos encontrados


Já não era a primeira vez que eu estava com dificuldades para escrever. Músicas novas, imagens, textos antigos, nada me ajudava. Sai de casa com as mãos vazias, de nada adiantaria levar o caderno.
Então vi pessoas. Amarrando o tênis, pegando algo que caiu no chão, apressadas... E as que mais me chamaram a atenção foram as apaixonadas. Não estou falando de casais, mas aquelas com brilho nos olhos, que você sabe que tem autoestima, metas ou realizações. Aquelas que você olha por meia hora e tenta decifrar o que ela está pensando, mesmo sabendo que não vai adivinhar.
E parei para pensar como as pessoas me viam.
Voltei para casa, já tinha escurecido e eu estava faminta. Quando fui para o meu quarto, parei na frente do espelho. Vi uma menina baixinha, de cabelos castanhos e lisos. Mas também vi aquele brilho nos olhos. E todos os motivos que faziam ele estar ali.

Nenhum comentário:

Postar um comentário