sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

Sol - Segunda Parte

Ele leu a carta quando desfez a mala. A essa altura, ela já estava em NY, chegando exausta após os ensaios e apresentações, e decepcionada por ficar apenas nos bastidores. Ela não tinha feito faculdade com essa intenção. O espetáculo não estava bem antes mesmo dela chegar e as sessões praticamente vazias demonstravam isso. Mas ela não queria atribuir o titulo de fracasso do espetáculo a si mesma. Foi para Los Angeles, fez vários testes e conseguiu um papel secundário em uma nova série.
Já ele, namorou a garota dos olhos castanhos claros e outras dez, mas nenhuma preenchia o vazio que ele sentia e não sabia explicar de onde vinha.
Após sofrer um acidente no campo de treinamento, ele foi dispensado do exército. Não era fácil atingir os 32 anos e perceber que todos os planos que tinha feito para o futuro já tinham ido por água abaixo. Decidiu que voltaria para sua cidade natal e assumiria os negócios do pai. Esperava não estragar tudo como nas outras situações.
Um dia, ao chegar em casa e ligar a TV, ele começou a assistir uma entrevista com os atores de um filme que seria lançado em breve. Entre eles havia um sorriso inconfundível, e que parecia mais distante do que os quilômetros que separavam Mercúrio de Plutão. Nesses nove anos eles não tinham se comunicado. Ela sempre foi teimosa, e ele não viu necessidade em responder a carta. Afinal, o que iria dizer? Obrigado? Ela foi embora por vontade própria. Esse era o pensamento dele até três minutos atrás.

Leia aqui a primeira parte

Nenhum comentário:

Postar um comentário